No cão com displasia coxofemoral acumulam-se cargas elétricas negativas na região da articulação. Porém, com a implantação de ouro, ocorre neutralização dessas cargas elétricas em decorrência da concentração de íons positivos do ouro.